Manutenção das Portas Corta Fogo


A manutenção é da responsabilidade do síndico ou do administrador da edificação. A qualquer momento, deve ser providenciada a regulagem ou substituição dos elementos que não estejam em perfeitas condições de funcionamento, bem como limpeza e lubrificação das partes móveis. O responsável pela manutenção das portas corta-fogo deve efetuar:


Manutenção Mensal de Porta Corta-Fogo


Devem ser efetuadas verificações do funcionamento automático e de todos os acessórios (fechaduras, dispositivos anti-pânico, selecionadores de folhas e travas, etc.). Também deve ser efetuada a limpeza dos alojadores de trinco, do piso e do batente, com a remoção dos resíduos e objetos estranhos que dificultem o funcionamento das partes móveis (dobradiças, fechaduras e trincos);Nota: O conjunto porta corta-fogo e o piso ao redor não devem ser lavados com água ou qualquer produto químico. A limpeza da superfície pintada da folha da porta e do batente deve ser feita com pano ligeiramente umedecido em água e em seguida utilizado um pano seco para a remoção, de forma que a superfície fique seca e a poeira removida. No piso ao redor da porta não devem ser utilizados produtos químicos, como água sanitária (hipoclorito de sódio), removedores de todos os tipos e produtos químicos de caráter ácido, pois os mesmos são agressivos à pintura e conseqüentemente ao aço que compõe o conjunto porta corta-fogo.

Deve ser feita a lubrificação de todas as partes móveis, utilizando para isto óleo apropriado, verificando para que não haja escorrimento para as superfícies do conjunto porta corta-fogo.Deve ser verificada e mantida a legibilidade dos identificadores da porta, quer sejam plaquetas de identificação do fabricante, selo da Marca de Conformidade ABNT/INMETRO e etiqueta "Porta corta-fogo. É obrigatório manter fechada".Devem ser verificadas as condições gerais da porta quanto à pintura ou revestimento e desgastes das partes móveis, devendo ser providenciada, imediatamente, a regulagem ou substituição dos elementos que não estiverem em perfeitas condições de funcionamento.É vedada ao usuário a utilização de pregos, parafusos e abertura de orifícios na folha da porta, o que pode alterar suas características gerais, comprometendo seu desempenho ao fogo e conseqüentemente a segurança das pessoas e do patrimônio.Os serviços que envolvam substituição de qualquer dos componentes e da(s) própria(s) folha(s) devem ser executados pelo fabricante ou por empresas por ele credenciadas


54 visualizações0 comentário