Qual tipo de extintor usar para cada emergência?




Você sabia que para cada causa de incêndio existe um tipo de extintor específico? E que usar o elemento errado pode agravar ainda mais os danos e até levar a morte? Vamos entender um pouco sobre o uso indicado para cada um deles e como identificar o tipo de extintor correto para combater o fogo. Uso de cores das placas de sinalização

Extintor H20 (água)

Usado para resfriamento de materiais como madeira, papéis, borrachas, plásticos, tecidos e fibras orgânicas. É utilizado para incêndios de classe A (originados pela queima de materiais combustíveis sólidos que geram resíduos). Não deve ser utilizado em casos de combustão de líquidos ou gases inflamáveis ou queima de equipamentos e instalações elétricas.

Extintor CO2 (gás carbônico)

Indicado para combate a incêndios provenientes da combustão de substâncias inflamáveis como líquidos e gases (classe B). Também é usado para apagar incêndios em redes elétricas, como fiações, quadros de força, eletrodomésticos e transformadores (Classe C). Sua ação ocorre através do resfriamento e abafamento da combustão.

Pó químico B/C

Combate ao fogo através de reações químicas. Utilizado em incêndios de classe B e C. 

Pó químico A/B/C

Pode ser utilizado para combate ao incêndio de qualquer natureza. Age através de abafamento e reações químicas.

Espuma mecânica

Ideal para o combate a incêndios de classe A e B e proibido para os casos de classe C. Atua através do resfriamento e abafamento a combustão.

Sinalização de tipo de extintor

Os extintores devem estar posicionados em um local que não seja bloqueado pelo fogo. Para que as pessoas reconheçam o tipo de extintor e seu uso correto, é necessário também que haja sinalização adequada. Existem placas específicas para cada um deles, que devem conter informações claras e bem visíveis.

Fonte: Tag Sinalização

42 visualizações0 comentário